Sábado, 29 de Setembro de 2012

A ESPERANÇA VIRÁ DE BARCELONA?

Em 1640, duas nações procuravam livrar-se do jugo castelhano: Portugal e Catalunha.

Portugal já fora um reino independente, apesar de ser uma região pobre; a Catalunha, ao contrário, sempre estivera submetida à corte de Madrid, mas já era uma região rica e progressista.

Filipe IV reuniu esforços para dominar a insurreição catalã. Com isso, descurou o poder sobre Portugal e este restaurou a sua independência que, até hoje, ainda mantém, apesar de continuar a ser o país mais pobre da Ibéria, caminhando, velozmente, para ser o mais pobre da Europa.

Correram os anos. Os países ibéricos, à excepção de Portugal, reuniram-se num só: a Espanha, a décima potência industrial do mundo. Portugal… esse continuou pobre, rural, desindustrializado.

De repente, surgiram ideias novas: para contrariar o domínio económico bicéfalo América-União Soviética, a Europa tinha de unir-se, constituindo uma alternativa capaz de enfrentar o poder económico-financeiro dos dois blocos.

Aos poucos, paulatinamente e com segurança, isso foi-se conseguindo. Até que nasceu a Comunidade Europeia.

Só que o mundo continuou a girar: novas tecnologias, novas capacidades, países emergentes… enfim, era a globalização. A Europa, subestimando este novo poder, repousava, aceitando, quase sem se aperceber, ser liderada pelos germânicos que, finalmente, parece terem percebido que pela força das armas nunca conseguiriam essa liderança.

Portugal entrou na Comunidade. Não podia fazer outra coisa, na sua qualidade de país mais periférico do continente.

Mas, por detrás desta paz podre mascarada de unidade, um tumor acabaria por nascer: a moeda única.

Moeda única? Nenhum dos políticos portugueses abriu um livro de História? Nenhum sabia que, ao longo dos séculos, ‘cunhar moeda’ era privilégio de soberania e de autodeterminação? Nenhum percebeu que, sem moeda própria, o país perderia ambas, ficando à mercê dos ‘donos do dinheiro’?

Eles não sabiam. Entraram alegremente, apesar de saberem que isso iria, de imediato, aumentar estupidamente o nosso custo de vida.

Agora, aí estamos nós. Temos o ‘euro’, igualzinho ao da Alemanha, da França, da Espanha e… da Catalunha. Mas continuamos a estar na ‘cauda da Europa’.

Estamos nas mãos, hoje, de três fulanos que não conhecemos, não elegemos mas que ditam o que temos de fazer para lhes pagar empréstimos e juros. Na bancarrota ou lá perto, não nos resta, sequer, a solução de jogar com a inflação como fez a dupla Soares-Ernâni Lopes para sairmos de uma situação semelhante. Agora, quem manda é quem manda no ‘euro’.

A Catalunha continua a ser a região mais rica e mais industrializada de Espanha e, no entanto, os catalães sofrem na pele os mesmos sacrifícios dos outros espanhóis. Por isso, fartaram-se.

Vão discutir, dentro de dias, se querem continuar sob o jugo espanhol que lhes não permite criar as suas próprias normas de vida.

Estou em crer que o acto eleitoral vai optar pela independência, finalmente. A Espanha perde: perde uma fonte de receita importante, perde a aparência de coesão, e, como diriam os brasileiros, perde a cara.

E que fará a Catalunha a seguir? Se quiser libertar-se de «troikas» só tem um caminho: criar moeda própria.

Se assim for, o ‘euro’ tem os dias – não muitos – contados.

Que fará a Espanha? Tentar impedir a independência dos catalães, lutando pela ‘coesão territorial’? Não creio, pois inda lhe estão frescas as memórias da sua guerra civil. Mas que vai ser um pandemónio, isso vai.

E Portugal? Ah, sim, uma vez mais teremos de agradecer à Catalunha por nos vir abrir uma porta para a liberdade. Para a  independência.  Venha o nosso ‘escudinho’,  venha a inflação;  mas livrem- -nos do governo da «troika» e deixem-nos recuperar um pouco. Com a nossa pequenez, com a nossa idiossincrasia, com os nossos fracos recursos económicos e intelectuais.

E.G.

 Este blog não está interessado em aderir ao novo Acordo Ortográfico da Língua Brasileira. Por isso, escreve no que entende ser Português escorreito

 

Publicado por democracia-do-sul às 15:19
Link deste post | Comentar | Adicionar aos favoritos
|
2 comentários:
De Tem medo de mostrar-se a 2 de Outubro de 2012 às 02:26
Olá! Quer dizer que vocês apoiam que Portugal saia do Euro?
Não me parece uma boa opção.


De democracia-do-sul a 11 de Outubro de 2012 às 18:28
Não, meu caro...
O que defendemos é que deveríamos ter entrado na CEE, na Comunidade, ou lá que fosse.
O que NUNCA deveríamos ter anuído era à moeda única.
A perda da moeda própria significa, pura e simplesmente, a perca da independência!
Cumprimentos.
EG:


Comentar post

*Mais sobre este blog

*EDITORIAL

Este blog será… aquilo que e os editores que me acompanham quisermos que seja. Não nos declaramos apartidários nem enfeudados. Também não nos rotulamos nem laicos nem místicos. Seremos, tanto quanto possível, observadores atentos e críticos; ácidos e ásperos, quando necessário. As nossas escolhas, a moral e a ética expressas serão aquelas que a nossa consciência, vontade e princípios o ditarem. “Democracia do Sul” será local de debate se os leitores assim desejarem, desde que usem regras de correcção e de respeito. Pomo-nos ao serviço da Região Algarvia, centrando- -nos principalmente no Concelho Louletano. Nosso farol será a Democracia; nossa “dama”, a República. ooooooooooooooooooooooooo - escreva-nos - escreva-nos democracia-do-sul@sapo.pt - escreva-nos ooooooooooooooooooooooooo

*Desde 27 de Fev. de 2012, já aqui andaram a navegar,

Website Hitwebcounter
leitores interessados, amigos ou simples curiosos

*pesquisar

 

*Novembro 2013

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30


*Tempo que faz lá fora

Previsões e | mapas satélite
FASES DA LUA

*Tags

* todas as tags

*Os posts mais recentes

* RESGATE SIM, RESGATE NÃO,...

* QUE ESPERAVAM?

* ACREDITE:

* FAZ O QUE ELE DIZ !

* TAL COELHO, TAL SEGURO...

* VERDADEIRO EMBUSTE, ESTE ...

* ELEGIA DA INFRUTUOSIDADE ...

* DE QUE SERVE SER BOM ALUN...

* SOMOS UNS BANANAS!...

* A ESPERANÇA VIRÁ DE BARCE...

* ASSALTO AO «POTE» PELOS «...

* EMU - A MÁQUINA INFERNAL

* NÃO MATEM A ESPERANÇA!

* E ELE RI-SE, CARAMBA!

* APERTEM! APERTEM!...

*Os comentários recentes

Não estive lá mas contarão-me que a Jamila madeira...
Não, meu caro...O que defendemos é que deveríamos ...
Olá! Quer dizer que vocês apoiam que Portugal saia...
Realmente... sem palavras...
Miguel Relvas, na sua chico-espertice tradicional,...
Se os passos e relvas soubessem ingles ficava tudo...
Não pode ser. Este governo tem de cair e deve cair...
Porque voces não escreverão nada quando foi a mani...
Sabendo-se que o genro de Cavaco Silva comprou o P...

*Os posts mais comentados

*Links importantes

*Arquivos da «Democracia»

* Novembro 2013

* Novembro 2012

* Outubro 2012

* Setembro 2012

* Agosto 2012

* Julho 2012

* Junho 2012

* Maio 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Fevereiro 2012

Obrigado por ter visitado a «Democracia do Sul»
Pode ainda ler estes blogs interessantes